A Excelência na Adoração

Publicado: 28/01/2009 em Mensagem

Já se preparando para o próximo intercâmbio, encontrei esse artigo que caiu como uma luva para os adoradores de plantão. Fica ai para todos refletirem sobre o que é necessário para se ter a EXCELÊNCIA NA ADORAÇÃO.

1) Adorar por chamado, não por mero interesse

“Por esse mesmo tempo, o Senhor separou a tribo de Levi para levar a arca da Aliança do Senhor, para estar diante do Senhor, para o servir e para abençoar em seu nome até ao dia de hoje. Pelo que Levi não tem parte nem herança com seus irmãos; o Senhor é a sua herança, como o Senhor, teu Deus, lhe tem prometido.” Deuteronômio 10:8-9

Alguns adoram porque são pagos pra isso. Não é o nosso caso. Alguns adoram porque gostam da visibilidade que o ato de adorar no culto geram. Esses, adoram a Deus pelo motivo errado. Deus chama a alguns e dá a esses o privilégio de conduzirem o povo na adoração. E nossa única motivação deve aquilo que o Senhor já fez por nós. Nada mais.

2) Adoração é um ato contínuo

“Filhos de Anrão: Arão e Moisés; Arão foi separado para servir no Santo dos Santos, ele e seus filhos, perpetuamente, e para queimar incenso diante do Senhor, para o servir e para dar a bênção em seu nome, eternamente.” I Crônicas 23:13

A Adoração não é um momento. Adoradores são chamados para adorar. É sua missão de vida. Quando não adoram estão perdendo tempo. São como um carro parado. Não está sendo usado para aquilo que foram feitos. O louvor tem o poder de abençoar pessoas e, de acordo com o texto que lemos, é uma vocação que perdurará até a eternidade.
Em tudo o que fazemos, em todo o tempo e em toda a oportunidade devemos cumprir nosso chamado de adoradores. Estarmos sempre na presença do Senhor, no Santo dos Santos, diante de seu altar, dedicando o que temos e somos a ele.

3) A Adoração deve sempre buscar a excelência

“O número deles, juntamente com seus irmãos instruídos no canto do Senhor, todos eles mestres, era de duzentos e oitenta e oito.” I Crônicas 25:7

Muitos pensam que já que Deus recebe o que sai do coração, qualquer coisa feita de coração serve. Esses se esquecem de que Deus quer o seu melhor. Ele nos dá o que tem de melhor. Deus seu próprio filho por nós. A nossa adoração tem que ser o que temos de melhor. Não podemos nos conformar em oferecer a Deus qualquer coisa. O aperfeiçoamento deve ser algo constante.
Precisamos buscar a excelência. A melhoria. Se fosse a preparação para um show aberto não aceitaríamos menos que o melhor, em respeito ao público. O que então deveria ser apresentado a Deus?
No texto, havia 288 cantores no templo. Todos eles mestres. Todos especialistas. Nenhum deles era mais ou menos. Nenhum precisava melhorar tanto quanto muitos músicos de igreja que conhecemos.
Fazer sempre as mesmas coisas, mas nunca do mesmo jeito. Sempre melhor. O nosso Deus merece.

“Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.”
(Filipenses 1:6)

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s